Oscar 2021

A exemplo do que faço há alguns anos, venho falar brevemente sobre os filmes concorrentes ao Oscar de Melhor Filme. Esse ano por culpa da Covid-19, a cerimônia de entrega do Oscar não aconteceu em fevereiro, como é tradição. Ela foi atrasada em dois meses e acontecerá no final de abril.

Pela primeira vez não vi no cinema nenhum dos concorrentes a melhor filme. Historicamente a maioria dos concorrentes não são exibidos em minha cidade. E dessa vez, para piorar as coisas alguns filmes concorrentes nem foram lançados no Brasil e tem filme que será lançado somente após a entrega do Oscar.

Três dos oito concorrentes a melhor filme, já estão disponíveis em plataformas de streaming há alguns meses. É o caso de Mank e de Os 7 de Chicago, que estão na Netflix. E o Som do Silêncio, que está no Amazon Prime. Os outros cinco filmes, para conseguir assistir tive que recorrer a meios escusos, os quais prefiro não mencionar.

Nesses anos todos que faço a postagem sobre os concorrentes a melhor filme, nunca o meu preferido venceu. Não sou nenhum especialista em cinema, vejo filmes desde criança por pura paixão. Então não ligo se o filme que mais gostei ganhou o Oscar ou não. O que vale é ver os filmes, falar sobre eles e torcer.

Esse ano acredito que o vencedor será Mank, que é justamente o filme que menos gostei entre os oito concorrentes. Os filmes vencedores são escolhidos por cerca de 8 mil membros da Academia de Cinema de Hollywood. E o pessoal da Academia costuma escolher filmes que falam sobre Hollywood, sua história, seus personagens marcantes. E Mank tem todos esses ingredientes que agradam a maioria dos membros da Academia. E ainda por cima foi gravado em preto e branco. Ou seja, é o tipo de filme feito para vencer o Oscar, independente de ser bom, de ter ido bem na bilheteria ou ter agradado aos consumidores comuns de filmes. Mank é chato, dá sono, mas acho que vai ganhar.

Os filmes concorrentes, na ordem de minha preferência e torcida:

1° – Minari

O filme se passa nos anos 1980 e conta a história de uma família de imigrantes coreanos que passa a viver numa área rural do Estado do Arkansas. O filme mostra a dificuldade de adaptação ao novo ambiente e idioma, onde para melhorar de vida é preciso arriscar sem ter certeza que as coisas vão dar certo.

Gostei de Minari, que apesar de ter muita coisa falada no idioma coreano é um filme totalmente produzido nos Estados Unidos. Ele não pode concorrer ao Globo de Ouro, pois diferente do Oscar, não aceita concorrentes que não sejam cem por cento falados na língua inglesa. A história do filme é baseada em eventos reais e gostei muito da família coreana, que apesar das dificuldades tenta se unir.

PS: Os fãs da série The Walking Dead, vão poder matar saudades de Steven Yeun, que fazia o personagem Glenn. Em Minari ele é o personagem principal, um típico pai de família coreano.

2° – Nomadland

Após uma cidade na zona rural de Nevada, nos Estados Unidos, praticamente falir após o fechamento de um grande indústria, uma mulher na faixa dos 60 anos passa a morar em sua van. Ela meio que não aceita ter que deixar o lugar onde morava. Passa então a viver para a estrada, vivendo e trabalhando um pouco em cada lugar como uma nômade moderna. 

Por muito pouco Nomadland não foi minha escolha como filme favorito. O que me desagradou no filme é que algumas passagens são um pouco monótonas. Ao mesmo tempo o filme despertou a parte nômade que existe em mim. Quem sabe daqui alguns anos eu siga o mesmo rumo que a personagem do filme, mas por motivos diferentes.

3° – Os 7 de Chicago

Baseado em uma história real, o filme conta sobre as manifestações contra a guerra do Vietnã que interrompeu o congresso do partido Democrata em 1968, nos Estados Unidos. Existiram muitos confrontos entre os participantes do congresso e a polícia. E meio como bodes expiatórios, 16 pessoas foram indiciadas como culpadas pelos confrontos. Boa parte do filme se passa dentro de um Tribunal, mostrando o julgamento dos indiciados.

Bom filme, ótimos atores, histórias real e interessante. Os fatos narrados no filme tem um link com os fatos narrados em Judas e o Messias Negro, então sugiro que vejam os dois filmes.

4° – Judas e o Messias Negro

Baseado em uma história real, o filme conta sobre a ascensão e queda de Fred Hampton, um ativista dos direitos dos negros e líder do partido dos Panteras Negras. Ele atrai a atenção do FBI, que infiltra William O’Neal nos Panteras Negras, causando o assassinato de Hampton.

Filme bem caracterizado nos anos 1960, conta sobre fatos importantes da luta pelos direitos civis nos Estados Unidos. Aconselho a assistir antes Os 7 de Chicago, pois os fatos (reais) contados no filme, são mencionados em Judas e o Messias Negro. Filme bom, bem feito, bons atores, te prende a atenção.

5° – Bela Vingança

Uma mulher que carrega alguns traumas do passado, passa a frequentar bares a procura de homens mal-intencionados. Ela se aproxima desses predadores sexuais para aprontar com eles e de alguma forma aplacar sua sede de vingança.

Filme interessante, que começa meio chato mas logo prende a atenção. E o final me surpreendeu de forma positiva. E gostei de rever  Alison Brie, que é coadjuvante no filme. Gosto dela e não a via desde a última temporada da encerrada série Glow.

6° – Meu Pai

Meu Pai é a adaptação de uma peça teatral. O filme fala sobre temas como velhice, paternidade e deveres familiares. O personagem principal do filme começa a sofrer do Mal de Alzheimer, e num processo típico de quem é acometido pela velhice, ele se torna vítima de um sistema frio disfarçado de companhia. Muito boas as intepretações de Anthony Hopkins e Olivia Colman, dois de meus atores favoritos, que fazem os papéis de pai e filha no filme.

Apesar de muitos pontos positivos e de gostar dos atores principais, não gostei do filme. A história é interessante, mas achei um pouco confusa em alguns momentos. Simplesmente é um filme que não me agradou.

7° – O Som do Silêncio

Um baterista jovem começa a ficar surdo. Desesperado ele busca tratamento para sua doença e com isso precisa ficar afastado da namorada que tanto ama.  O medo de perder de vez a audição e sua namorada, trazem muita tensão e angústia para sua vida.

A premissa do filme é interessante, mas não gostei muito da forma como a história é contada.

8° – Mank

Baseado numa história real, o filme conta a história do roteirista Herman J. Mankiewicz e da obra-prima de Orson Welles, o filme Cidadão Kane (1941).  Acontece uma batalha entre Mankiewicz e Orson Welles pelo crédito do script do famoso filme.

Filme chato, que dá sono. Mas deve ganhar o Oscar de melhor filme, pois traz todos os ingredientes que agradam os membros (e votantes no Oscar) da Academiade Cinema de Hollywood. E foi o filme que teve maior número de indicações esse ano, sendo indicado em 10 categorias.

Oscar 2020

Outra cerimônia do Oscar se aproximando, e novamente estou aqui falando brevemente sobre os filmes concorrentes ao Oscar de Melhor Filme. E até agora não aconteceu do filme que eu mais gostei entre os concorrentes, ter ganho o Oscar de melhor filme. Ano passado minha segunda opção foi que venceu. Dos nove filmes que concorrem ao Oscar de Melhor Filme esse ano, alguns tive dificuldade em conseguir assistir. Nenhum assisti no cinema. Dois vi na Netflix e os demais consegui ver por caminhos obscuros, que é melhor não comentar aqui. A culpe não é minha se os filmes não passam em minha cidade, ou até mesmo não estreiam no Brasil antes da cerimônia de entrega do Oscar. E para piorar, esse ano a entrega do Oscar foi antecipada, o que dificultou ainda mais eu conseguir assistir a todos os filmes antes da data do Oscar.

Os filmes concorrentes, na ordem de minha preferência e torcida:

1° – Ford vs Ferrari

Na década de 1960, buscando mudar a sua imagem com o público, a montadora norte-americana Ford, decidiu entrar no ramo das corridas automobilísticas. Sem experiência em corridas, precisava encontrar um especialista. Encontraram Carroll Shelby (Matt Damon), um ex-piloto convertido em designer de automóveis de alta performance e o piloto Ken Miles (Christian Bale). Os dois acabam humanizando o que seria uma competição entre marcas de carros. Com certeza não será o filme ganhador, mas não sei explicar bem o motivo de ter sido o filme que mais gostei. É um filme gostoso de assistir e chega a emocionar em alguns momentos.

1

2° – 1917

O filme narra a jornada de dois jovens soldados pela Primeira Guerra Mundial. É mostrado o horror da guerra e retrata o alto custo do heroísmo em uma jornada emocional. Foi gravado numa estética de um plano-sequência para fazer sua narrativa, o que o deixa movimentado e interessante. O filme é excelente, o plano sequência com poucos cortes é o diferencial do filme. Acho que será o vencedor!

2

3° – Era Uma Vez Em… Hollywood

O filme conta a história de um ator e seu duble, na Hollywood dos anos setenta. E no meio da história aparece Sharon Tate, uma atriz que na vida real foi assassinada. Mas o filme mostra um outro final para a história de Sharon Tate. Ele se torna sem muito sentido para quem nunca ouviu falar de Charles Mansoon ou Sharon Tate. Se esse for o seu caso, então pesquise sobre estas duas pessoas antes de assistir ao filme, que começa meio chato, mas aos poucos vai engrenando.

3

4° – Adoráveis Mulheres

O filme é a mais nova adaptação de Adoráveis Mulheres, clássico da literatura americana. É contada a história do amadurecimento do quarteto de irmãs e suas aventuras em uma época de escolhas restritas e mudanças constantes. O filme alterna entre o passado e o presente de suas vidas, explorando as diferentes facetas de cada uma delas, se aprofundando nos aspectos que formam a experiência feminina. O filme não é ruim, mas de longe prefiro a versão anterior de 1994, com Winona Ryder no auge de sua carreira, no papel principal.

4

5° – O Irlandês

Frank Sheeran (De Niro), o irlandês do título, é líder sindical e assassino predileto da Máfia. Ele nos conta a sua história em retrospecto, enquanto estaciona sua cadeira de rodas numa sala tranquila do asilo onde mora. Sheeran está no fim da vida e carrega arrependimentos e culpas. Como bom católico, teme os castigos que lhe esperam após a morte. Gosto de filmes sobre a Máfia, e de filmes longos. Esse tem três horas, mas peca por ser meio confuso em algumas passagens.

5

6° – Coringa

O Coringa é um dos vilões mais interessantes da história dos quadrinhos. O filme usa a loucura do personagem como um recurso narrativo e nada é exatamente o que parece. Na verdade o filme não tem nada a ver com o universo de super heróis e vilões da DC. Ele é um drama para adultos. Não curto filmes sobre heróis e vilões da Marvel e DC. Só assisti ao filme, para poder postar sobre ele aqui. Na minha opinião o melhor do filme é a interpretação de Joaquin Phoenix.

6

7° – História de um Casamento

O filme fala de casamento e separação com a mesma intensidade, pois entende o amor como a base das duas coisas. Um divórcio não é necessariamente o fim de um sentimento, mas a sua transformação. É por isso que História de um Casamento começa com declarações de amor para logo depois revelar a separação. O filme tem algumas passagens legais e só. Tem muito diálogo, o que não gosto. Em alguns momentos me deu sono.

7

8° – Parasita

No fundo o filme é uma critica contra o Capitalismo. Uma família que passa por dificuldades financeiras, arruma um esquema para trabalhar em uma casa de ricos e explorar seus patrões. Mas nem tudo saí como planejado e tudo acaba saindo de controle e tendo um final ruim. Além de concorrer a melhor filme, também concorre a melhor filme estrangeiro, algo raro de acontecer no Oscar. Achei o filme estranho, esquisito e sem graça. Talvez eu não tenha entendido o filme… Mas na minha modesta opinião, não merecia estar concorrendo, pois tem filme melhor que ficou de fora.

Poster Parasita

9° – JoJo Rabbit

O filme tem uma criança nazista como protagonista. Essa criança alemã tem Hitler como amigo imaginário e muitas lições a aprender sobre a vida. A história se torna emotiva e hilária, com a sua versão de Hitler sendo carismática demais. No fundo é um filme bobinho, mas que traz uma mensagem para os jovens carentes recrutados pela extrema direita hoje. Filme chato! Nada mais a dizer…

9

Oscar 2019

Mais um ano, mais uma cerimônia do Oscar e mais uma vez eu aqui falando brevemente sobre os filmes concorrentes. E até agora não aconteceu do filme que eu mais gostei entre os concorrentes, ter ganho o Oscar de melhor filme. Dos oito filmes que concorrem ao Oscar de melhor filme em 2019, diferente dos outros anos, dessa vez consegui assistir a todos com bastante antecedência. E dos oito filmes, somente um assisti no cinema, e é justamente o meu favorito, aquele pelo qual vou torcer.

Os filmes concorrentes, na ordem de minha preferência e torcida:

1° – Nasce uma Estrela

Jackson Maine (Bradley Cooper) é um cantor no auge da fama. Um dia, ele para em um bar para beber e conhece Ally (Lady Gaga), uma cantora amadora. Jackson se encanta pela mulher e seu talento, decidindo levar ela junto em seus shows e aos poucos Ally ascende ao estrelato. Em contrapartida, Jackson vive uma crise pessoal e profissional devido aos problemas com o álcool. O filme é a terceira refilmagem da versão original de 1937, estrelada por Janet Gaynor e Fredric March, que teve uma adaptação musical em 1954, estrelado por Judy Garland e James Mason, e  também um musical de rock em 1976, estrelado por Barbra Streisand e Kris Kristofferson. Nunca curti Lady Gaga, mas no filme ela está muito bem, e canta muito…

nasc1

2° – Green Book – O Guia

Filme baseado em uma história real, conta sobre a viagem do pianista Don Shirley e seu motorista Tony Vallelonga pelo sul dos EUA durante os anos de segregação. O título do filme é uma referência ao guia de viagem que indicava para os negros, quais os hotéis e restaurantes em que seriam aceitos. Achei o filme muito bom, e por muito pouco ele não acabou sendo minha primeira opção.

47689851_367539604034390_2623631469191063410_n

3° – Vice

É um filme sobre política, que foca na vida de Dick Cheney, um dos vice-presidentes norte americanos mais poderosos de todos os tempos. O filme não chega a empolgar, mas é menos pior do que os filmes listados logo abaixo.

vice

4° – Bohemian Rhapsody

Biografia do Queen, uma das maiores bandas de rock de todos os tempos. O filme é um prato cheio para os fans da banda. Ao mesmo tempo o filme tenta contar a história da banda, e de seu vocalista, Freddie Mercury. O ator que interpreta Freddie Mercury, fez uma imitação perfeita, mas não passa disso, de uma imitação. Filme mediano…

the-umbrella-academy-netflix-data-de-estreia-1

5° – Roma

Gravado em preto e branco, o filme retrata as lembranças do diretor. Ele conta a história de uma empregada de origem indígena que trabalha para uma família classe média mexicana. O filme alterna momentos bons, com momentos sonolentos.

4075254

6° – Infiltrado na Klan

Não entendi o motivo desse filme estar concorrendo ao Oscar de melhor filme. Não que ele seja ruim! O problema é que ele não é bom! O filme é baseado num caso real, onde um policial negro consegue se infiltrar na Ku Klux Klan, a histórica e famosa organização racista norte americana. Achei o filme medíocre.

0013923

7° – A Favorita

É um filme de época que conta um pouco sobre a rainha Anne, da Inglaterra, e duas de suas acompanhantes que duelam para ser a favorita da Rainha. E para conseguir ser a favorita da Rainha, vale até mesmo fazer sexo com ela. O filme é uma grande sátira. Achei chato, com poucas passagens legais. Deu sono!

3540981

8° – Pantera Negra

Filme do universo Marvel. Grande sucesso de público e bilheteria em todo o mundo. É minha última opção pelo simples fato de que não gosto de filmes de super-heróis.

pantera-15Fev

 

Oscar 2018

Já virou tradição aqui no blog, já faz alguns anos, eu assistir e comentar sobre os filmes que concorrem ao Oscar de melhor filme no ano. Tenho experiência de assistir a cerimonia de entrega do Oscar há mais de trinta anos, tendo perdido umas poucas apenas. E vejo muitos filmes, gosto muito de cinema. Então me acho capaz de falar sobre os filmes concorrentes, logicamente após ter assistido a todos os nove filmes que concorrem a melhor filme esse ano. Até agora não aconteceu do filme que eu mais gostei entre os concorrentes, ter ganho o Oscar de melhor filme. Das duas uma, ou sou pé frio, ou os membros da Academia de Cinema que elegem os filmes, não entendem nada de cinema. Brincadeiras a parte vamos lá, falar sobre os filmes…

Dos nove filmes que concorrem ao Oscar de melhor filme em 2018, tem poucos bons, alguns razoáveis e um muito ruim. Isso na minha modesta opinião! Mais uma vez sofri para conseguir assistir todos os filmes antes da cerimônia de entrega do Oscar, para ter tempo hábil de postar sobre os filmes aqui no blog. Tanto é, que a prova de tal dificuldade é eu estar postando sobre os filmes apenas um dia antes da cerimônia do Oscar. E mais uma vez minha maior dificuldade é que o único cinema de minha cidade costuma passar filmes de alto apelo comercial e ignora a maioria dos filmes que concorrem ao Oscar de melhor filme. Alguns filmes nem passam por aqui! Dos nove filmes concorrentes, um assisti no cinema em outra cidade e os demais consegui baixar na internet. Sei que isso não é legal, que cheira a piratagem e tal, mas ou faço isso ou não vejo os filmes.

Os filmes concorrentes, na ordem de minha preferência e torcida:

1° – Lady Bird: é hora de voar

Escolhi Lady Bird como o primeiro da lista, no último minuto, quando comecei a escrever essa postagem. E confesso que em algumas passagens do filme vi partes da história de minha adolescência passando na tela, com as mesmas dúvidas, sonhos e dramas. O filme conta a história de uma garota de personalidade forte, em uma família que passa por dificuldades financeiras, onde o pai acaba de perder o emprego. E no meio dessa turbulência, a garota precisa decidir sobre mudar de cidade, ir fazer a faculdade que deseja e lutar pelos seus sonhos. Mas enquanto sua hora não chega, ela não foge de suas obrigações e responsabilidades, dividindo seu tempo entre os estudos, o trabalho ruim e a descoberta do amor. Essa história mesmo sendo de uma personagem feminina, tem muito em comum com a minha história de vida entre meus 13 e 18 anos. Então minha torcida vai para Lady Bird, mesmo sabendo que não vai vencer como melhor filme.

lady-bird

2° – Três anúncios para um crime

Esse filme só ficou em segundo lugar em minha lista, por culpa de seu final, que achei inconclusivo e detesto filmes sem final definitivo. Mas o filme é muito bom e prende a atenção do expectador até o fim. O filme conta a história de uma mãe que cansada da ineficiência da polícia na solução do assassinato de sua filha, resolve protestar utilizando anúncios críticos em três outdoors existentes próximos ao local onde sua filha foi morta. Esse protesto silencioso desencadeia uma série de acontecimentos, somados a pessoas que apoiam e outras que criticam ferozmente sua atitude.

0063535

3° – Dunkirk

Baseado em fatos reais, com algumas pequenas “licenças poéticas”, o filme conta sobre a retirada de tropas aliadas que estavam encurraladas pelos alemães numa praia francesa, no início da Segunda Guerra Mundial. Achei o filme muito bem feito, e o interessante é que não existe um personagem principal. São três histórias distintas, mas interligadas. Uma se passa no céu, outra no mar e a última em terra.

110585.jpg-c_215_290_x-f_jpg-q_x-xxyxx

4° – A forma da água

É o filme com maior quantidade de indicações no ano, treze. E acredito que seja o ganhador como melhor filme. Mas pode acontecer o mesmo que ano passado, quando o provável vencedor perdeu para um filme pouco cotado. O filme é meio que uma fábula, onde uma muda se apaixona por uma criatura aquática. É um amor impossível na teoria, pois ambos são de mundos completamente diferentes. O filme é de época, se passa nos anos sessenta, no auge da Guerra Fria entre Estados Unidos e União Soviética. Um detalhe que me chamou atenção foi na trilha sonora, onde aparece uma música em português, cantada pela portuguesa/brasileira Carmen Miranda.

3044833.jpg-c_215_290_x-f_jpg-q_x-xxyxx

5° – O destino de uma nação

Baseado em fatos reais, ocorridos durante a Segunda Guerra Mundial. Para entender melhor o filme é preciso que o espectador entenda um pouco sobre história, senão vai ficar cheio de interrogações e não entendera muita coisa.  O filme conta como o primeiro ministro inglês, Winston Churchill, lida com difíceis situações durante a guerra. O filme foge um pouco da história real e tem algumas das famosas “licenças poéticas”. A principal delas é a cena em que Churchill anda de metrô em Londres, e conversa com os passageiros. É um bom filme, mas será interessante somente para quem gosta e conhece um pouco mais de história, principalmente da época da Segunda Guerra Mundial. E no filme é mencionado a retirada de soldados de “Durkirk”, cuja história completa é o terceiro filme dessa lista. 

WhatsApp-Image-2018-01-24-at-16.45.22-1

6° – The Post: a guerra secreta

Filme baseado em fatos reais, conta sobre como o jornal The Whasington Post conseguiu cópias e publicou documentos sigilosos sobre a Guerra do Vietnã. No elenco dois grandes vencedores do Oscar, Tom Hanks e Maryl Streep. O filme é muito interessante para o publico norte americano, pois conta sobre um época delicada de sua história. Para o resto do mundo acaba não sendo tão interessante assim. Mas para quem gosta de cinema, que é meu caso, só para ver Tom Hanks e Maryl Streep atuando juntos, vale a pena ver o filme.

aas

7° – Trama fantasma

O filme é baseado em fatos reais e conta a história de um costureiro que na década de 1950 deixa os Estados Unidos, para viver em Londres. Lá ele passa a “vestir” a realeza britânica e as celebridades locais. No papel do costureiro está o grande ator e vencedor de três Oscars, Daniel Day-Lewis, que se manter a palavra, esse será seu último filme, pois ele vai se aposentar. O filme vai muito pelo lado psicológico do personagem principal, e confesso que o achei meio chato e sem graça.

2170878

8° – Me chame pelo seu nome

O filme se passa numa tranquila região italiana, e conta sobre a temporada de férias de um adolescente, quando ele conhece um homem mais velho que foi passar a temporada em sua casa, com sua família. E então o adolescente descobre o amor homossexual. Ano passado o filme vencedor como melhor filme tinha temática homossexual, o que está na moda. Mas indiferente da temática do filme, ou da preferencia sexual de cada um, o filme tem um ritmo muito lento, que dá sono. Assisti o filme deitado confortavelmente em minha cama e não lembro quantas vezes acabei cochilando e tive que voltar o filme para assistir o que tinha perdido durante os (não tão breves) cochilos.

5940465.jpg-c_215_290_x-f_jpg-q_x-xxyxx

9° – Corra!

Achei esse filme horrível! É meio que uma história de horror, com tema racista. Nos Estados Unidos muita gente diz que tal filme retrata o governo Donald Trump. O filme gira em torno de um casal interracial e um final de semana em que o namorado negro vai conhecer os pais da namorada branca, numa das regiões mais racistas dos Estados Unidos. E nesse final de semana muitas coisas estranhas acontecem. Coisas tão estranhas que deram sono. Achei o filme uma droga!

577190

Sobre o Oscar 2017

Fazem trinta e poucos anos que acompanho a entrega do Oscar. Não vi todas, por diversos motivos perdi algumas. Mas a de ontem à noite felizmente não perdi, pois foi histórica. Ainda bem que tenho TV a cabo e pude assistir a cerimônia do Oscar pelo canal TNT. A Globo transmitiu os sonolentos desfiles de Carnaval. Aliás, desfile é bom de ver ao vivo, pela TV é muito chato!

Minha torcida para melhor filme era para Até o Último Homem, mas eu achava que ia dar La La Land como vencedor. E por alguns minutos o vencedor foi La La Land. Devido a uma lambança histórica motivada por troca de envelopes com as informações sobre os vencedores, La La Land acabou sendo anunciado como vencedor do prêmio de melhor filme. O pessoal subiu no palco, receberam as estatuetas, dois fizeram discurso e de repente para tudo e é anunciado que tinham cometido um erro e o vencedor era Moonligth. A platéia ficou perplexa, muitos não entendendo o que estava acontecendo, outros achando que era mais uma das muitas brincadeiras do apresentador do Oscar. Nisso o pessoal do Moonlight comemorou meio que não acreditando no que estava acontecendo. E na confusão o apresentador Jimmi Kimmel tentou justificar as coisas e meio que se sentindo culpado pelo erro, se despediu falando que não voltava mais a apresentar o Oscar. Foi hilário, surpreendente, espantoso, inacreditável, surreal o que aconteceu. Olhei no site da Rede Globo e eles já tinham anunciado La La Land como o vencedor, e demoraram um pouco para corrigir a informação. Aliás, a Globo deu azar, perdeu a chance de transmitir talvez a cerimônia do Oscar mais incrível de todos os tempos, para transmitir desfile de Carnaval com um monte de mulher pelada, acidente com carro alegórico com muita gente ferida e outras baixarias mais. Dessa vez você perdeu Globo!

Deixe-me fazer alguns comentários sobre as principais premiações. Os vencedores de ator coadjuvante (Mahershala Ali) e atriz coadjuvante (Viola Davis) foram merecidos. O de melhor atriz (Emma Stone) também foi merecido. E o de melhor ator o vencedor (Casey Affleck) era minha segunda opção. E merecia um prêmio especial a Amy Adams, pelo vestido very sexy que usou ao apresentar um trecho da premiação. Que mulher! E La La Land mesmo não tendo vencido na categoria principal, que é de melhor filme, foi o filme vencedor da noite com seis estatuetas. A melhor música foi merecida, pois “City of Stars” de La La Land é uma musiquinha gostosa de ouvir, e cujo refrão você começa a cantar repetidamente sem perceber. Tal refrão gruda e é difícil se livrar dele!

Ano passado aconteceu uma polemica enorme em razão de atores negros não terem sido indicados ao prêmio nas melhores categorias. E como a academia do Oscar é muito política, esse ano parece que para compensar e evitar polêmicas indicou e premiou alguns atores negros. E deu o prêmio de melhor filme a um filme que tem quase que exclusivamente atores negros. Acho que independente da cor da pele merece vencer o melhor. E sem querer polemizar, Moonlight não merecia vencer como melhor filme. Mas venceu! E o filme tem a temática homossexual, que anda muita na moda ultimamente. Mesmo torcendo por Até o Último Homem, acho que La La Land merecia ter vencido, pois era o único filme que tinha uma temática leve, alegre. E após uma semana horrível que tive, com muitos e muitos problemas, teria sido legal ver um filme alegre vencer o Oscar de melhor filme. Mas venceu um filme pesado, que fala de violência, discriminação, drogas, homossexualismo e mais um monte de coisas não tão alegres. E ainda por cima teve um final de premiação confuso que será lembrado por muitos e muitos anos… Mas valeu! Para quem é apaixonado por cinema igual a mim, que conseguiu encontrar um meio de assistir a premiação sem depender da Rede Globo e teve forças para ficar acordado até duas e pouco da madrugada, foi um Oscar inesquecível…

2017-oscars-89th-academy-awards_3hjg

oqkubbjp
Melhor filme.

23073500
Melhor Atriz: Emma Stone

23073502
Melhor ator: Casey Affleck

2017-02-27t031710z-1948559654-hp1ed2r094lqk-rtrmadp-3-awards-oscars
Melhor atriz coadjuvante: Viola Daves

23073477
Melhor ator coadjuvante: Mahershala Ali

1488135116_854485_1488177394_noticia_normal
Momento de confusão, o produtor de La La Land devolve o Oscar para Moonlight.

images
Amy Adams. Linda!!!

 

Oscar 2017

Em 2017 serão nove filmes concorrendo ao Oscar de melhor filme. Mais uma vez tive que recorrer à internet para conseguir assistir aos filmes antes da cerimônia do Oscar. Em minha cidade existe apenas um cinema e nele passa somente filmes ruins ou filmes extremamente comerciais e que dão bilheteria fácil. Alguns dos concorrentes a melhor filme com certeza nem vão passar no cinema de minha cidade, igual aconteceu em anos anteriores. E tem filme estreando no Brasil justamente na semana do Oscar, então se não for a internet, não existe outra forma de assistir aos filmes antes da cerimônia de premiação do Oscar.

Diferente dos últimos anos, dessa vez foi fácil conseguir os filmes e vi todos num espaço de cinco dias. Têm alguns filmes muito bons, principalmente os baseados em histórias reais. Tem um musical, que é um estilo que não gosto, mas que norte americano adora e possivelmente o musical será o vencedor de melhor filme do ano. E tem uma ficção cientifica que apesar de gostar da atriz principal, achei o filme horrível.

Os filmes concorrentes, na ordem de minha preferência e torcida:

1° – Até o último homem

História real, que conta sobre um adventista que foi para a Segunda Guerra e que se recusava a usar armas, por questões religiosas. Foi tachado de covarde, sofreu perseguição e maus tratos. No fim provou que um homem não precisa de uma arma para mostrar seu valor. Ele se tornou herói de guerra e salvou muitas vidas. Filme bem feito e emociona em alguns trechos. E me fez relembrar de meus tempos de Exército, principalmente as cenas de treinamento e no alojamento.1

2° – Estrelas além do tempo

Outro filme baseado em fatos reais, que conta sobre mulheres negras que trabalharam na NASA durante o início da corrida espacial. Sofreram preconceito, mas mostraram seu valor e abriram caminho para muitas outras mulheres e negras. É um filme gostoso de assistir e também emociona em alguns momentos. Filme de época muito bem feito e que utiliza muitas imagens reais do passado. E foi bom voltar a ver Kevin Costner atuando em alto nível e num bom filme.

2

3° – Lion: Uma jornada para casa

Mais uma história real e que emociona. Um garoto indiano se perde e acaba sendo adotado por um casal australiano. Vinte cinco anos depois ele volta para a Índia à procura de sua família. Filme emocionante e que mostra a vida difícil em um pais altamente populoso e pobre. Fiquei com os olhos cheios de lágrimas em alguns momentos do filme. O ator mirim que faz o papel principal quando criança é muito bom.

3

4° – Manchester à beira-mar

Esse filme é um drama onde paralelamente duas histórias são contadas. Um homem tem que voltar a sua cidade após a morte prematura de seu irmão. E quando ele volta sua triste história, seu drama pessoal é revelado. Filme meio longo e lento, mas que vale a pena assistir.

4

5° – A qualquer custo

O filme conta a história de dois irmãos que se unem para assaltar bancos no interior dos Estados Unidos. Os assaltos que eles cometem são mais uma forma de protesto contra o sistema. O filme é bom e muito bem feito, vale a pena assistir.

5

6° – La la land: Cantando estações

É um musical bem feito e tem um final infeliz no meu ponto de vista. Não gosto de musicais, com exceção de Grease e Mamamia. Acho que se não fosse um musical, mas sim um filme “normal” esse teria sido um filme muito bom. Ele é apontado como favorito a vencer o Oscar de melhor filme, pois norte americano adora um musical.

6

7° – Moonlight: Sob a luz do luar

O filme conta a história de um garoto pobre que vive em um subúrbio de Miami. Desde pequeno ele convive com o preconceito, as drogas e a violência. E quando se torna adulto continua convivendo com tais coisas. Não gostei do filme, achei fraco!

7

8° – Um limite entre nós

Esse filme parece mais uma peça de teatro do que um filme. E com razão, pois é baseado numa famosa peça de teatro. O filme basicamente mostra um casal conversando dentro e ao redor de uma casa, debatendo sobre questões raciais. O filme me dou sono!

8

9° – A chegada

Filme de ficção cientifica baseado em um livro de sucesso mediano. Extraterrestres visitam a terra e tentam se comunicar com os humanos. Uma especialista em línguas é chamada para intermediar o contato. A tal especialista vive um drama pessoal, após perder sua filha. Depois o filme vira uma bagunça, com passado, presente e futuro se misturando. Detestei o filme, pois além de não gostar de ficção cientifica, achei o filme confuso e chato. O que se salva no filme é a atriz principal, Amy Adams, uma de minhas atrizes favoritas.

9

Oscar 2016

Mais uma vez venho fazer minhas previsões e torcida para os filmes que concorrem ao Oscar. Em 2014 passei raspando no vencedor (Doze Anos de Escravidão), que era o segundo colocado em minha lista de preferências. Já em 2015 errei feio, pois o vencedor (Birdman) era o último em minha lista de preferências. Então vamos ver como me saio esse ano!

Em 2016 tem muitos filmes bons concorrendo ao Oscar de Melhor Filme, então fica mais difícil acertar o vencedor. Diferente dos dois últimos anos, dessa vez tive mais facilidade em assistir aos oito filmes concorrente. Assisti somente um dos filmes no cinema e foi durante uma viagem, pois o cinema de minha cidade é ruim e faz uns dois anos que não coloco meus pés nele. Então tive que recorrer à internet para conseguir os filmes.

Meu filme favorito é Perdido em Marte, pois gostei muito do filme e assisti ele duas vezes. Adorei a trilha sonora, que tem músicas que adoro, inclusive uma do Abba. Mas mesmo torcendo por Perdido em Marte, acho que o vencedor será O Regresso. Confesso que esperava mais do filme O Regresso, e acho que se o Leonardo de Caprio não ganhar dessa vez o Oscar de melhor ator pelo seu papel no filme, ele nunca mais ganha.

E não entendi o que Mad Max está fazendo nessa lista de candidatos a melhor filme. Achei o filme ruim, e não gosto desse tipo de filme cheio de tiros, explosões e corrida de carros. E ao meu entender essa nova versão perde de longe para a versão original, que foi estrelada por Mel Gibson em começo de carreira.

Andei lendo que o filme que está correndo por fora e pode ser o vencedor é Spotligt. Sei não! Esse filme conta sobre os padres pedófilos que atacavam criancinhas nas igrejas Católicas de Boston. O filme conta como uma equipe de jornalistas investigou e trouxe à tona um escândalo que muitos sabiam e acobertavam, principalmente altos religiosos da cidade de Boston.

Então é isso, vou torcer por Perdido em Marte, mas acho que o Oscar de melhor filme fica entre O Regresso e Spotlight. Daqui uma semana veremos se esse ano chego perto igual aconteceu em 2014, ou se vou errar feio igual em 2015. Segue abaixo os oito filmes concorrente ao Oscar de Melhor Filme, pela minha ordem de preferência.

1°) PERDIDO EM MARTE

O filme conta sobre um astronauta que foi esquecido em Marte durante uma missão da NASA e de sua luta para sobreviver. O filme tem passagens muito engraçadas e a trilha sonora é muito boa.

1

2°) O QUARTO DE JACK

Uma moça é sequestrada e vive anos trancada em um pequeno quarto, onde tem um filho, Jack. O mundo do garoto é aquele quarto e ele não acredita que existam outras coisas fora dali. O filme é meio forte e te faz “pensar” um pouco na vida e em sua própria existência. Ao menos comigo aconteceu isso! Ele só não é meu favorito ao Oscar de Melhor Filme, por que a trilha sonora do filme Perdido em Marte me conquistou.

2

3°) SPOTLIGHT

História real que conta como um grupo de jornalistas de Boston, investigou e descobriu um grande escândalo envolvendo padres pedófilos nas Igrejas Católicas de Boston. Esse caso ficou famoso, e graças a ele outros casos de pedofilia envolvendo padres vieram à tona, inclusive aqui no Brasil

3

4°) BROOKLYN

Um filme gostoso de assistir, que conta sobre uma jovem irlandesa que foi para os Estados Unidos tentar uma vida melhor e descobriu o amor. Depois ela volta para seu país e fica dividida entre ficar na sua terra, próxima a sua família, ou voltar para seu grande amor. O filme se passa em meados do século passado e é muito bem caracterizado.

4

5°) O REGRESSO

História verídica que aconteceu no início da colonização dos Estados Unidos. O filme mostra como a natureza era inóspita e bela, e conta sobre a busca de vingança de um homem que superou tudo para sobreviver e encontrar o matador de seu filho. Leonardo de Caprio deve ter sofrido um bocado para fazer tal filme e creio que dessa vez ele finalmente consiga o seu sonhado Oscar de Melhor Ator. Achei o filme bom, mas confesso que esperava mais…

5

6°) PONTE DE ESPIÕES

História verídica que se passa na época da Guerra Fria. Um advogados tem que ir escondido para a Alemanha, para negociar a troca de prisioneiros de guerra com os comunistas. Filme legalzinho, vale mais pela interpretação do Tom Hanks, no papel do advogado negociador.

6

7°) A GRANDE APOSTA

Filme que conta como aconteceu o estouro da bolha imobiliária na economia norte americana alguns anos atrás. O filme tem uma linguagem visual meio diferente, que em alguns momentos atrapalha. Apesar de interessante, não gostei do filme! Acho que teria que assisti-lo mais uma vez para entender certas passagens.

7

8°) MAD MAX – A ESTRADA DA FURIA

Para quem gosta de correria, tiros e explosões, o filme é um prato cheio. Eu não gostei! Aliás nem queria assisti-lo e só o fiz em razão de ele estar concorrendo entre os oito indicados ao Oscar de Melhor Filme. E como ia escrever sobre os oito filmes, me vi obrigado a assisti-lo. Apesar de gostar do casal de atores principais, achei o filme chato e peguei no sono algumas vezes. Realmente não é o tipo de filme que gosto e achei ele inferior a versão original de 1979, estrelada por Mel Gibson.

8

Eu e o Oscar

Ainda falando sobre o Oscar aqui no blog, já tive a oportunidade de ver algumas estatuetas do Oscar ao vivo e a cores. Foi em 2011, em Orlando, em um dos parques da Disney. Foi no Disney’s Hollywood Studios. Lá estão em exposição alguns dos muitos Oscar’s que a Disney ganhou com animações e com filmes. Para mim foi uma experiência muito gratificante, pois desde criança gosto de filmes e acompanho anualmente a entrega do Oscar.

Alguns dos Oscars ganhos pela Disney.

Oscar pelo filme "O Patinho Feio" (1939).
Oscar pelo filme “O Patinho Feio” (1939).

Vander e os Oscar's.
Vander e os Oscars.

Oscar 2015

No próximo domingo, dia 22, será realizado mais uma entrega do Oscar, o prêmio máximo do cinema. E mais uma vez consegui assistir a todos os filmes que concorrem ao Oscar de melhor filme. E novamente foi difícil conseguir assistir a todos os oito filmes concorrentes, pois na minha cidade o cinema é ruim e filmes bons quase não passam por aqui. Tem filmes do Oscar do ano passado que nem passaram por aqui. Diante desse problema, tive que recorrer a internet para assistir aos filmes antes da entrega do Oscar e poder fazer esta postagem aqui no Blog.

Este ano tem filmes muito bons concorrendo na categoria Melhor Filme. E dos oito concorrentes, quatro são baseados em histórias reais, sinal de que a vida real dá boas histórias para se contar no cinema.

Abaixo segue a lista dos indicados a melhor filme, na ordem de minha preferência e torcida. Nos dois últimos anos, quando fiz listas iguais a essa, a minha terceira opção é que foi a vencedora em 2013 e minha segunda opção a vencedora em 2014. Quase acertar os vencedores nos dois últimos anos é sinal de que entendo um pouco de cinema. Aliás, cinema é uma de minhas paixões desde criança! Atualmente não vejo muitos filmes no cinema, vejo muitos filmes em casa. No passado teve anos em que eu cheguei a assistir setenta e dois filmes no cinema. Hoje em dia para mim é mais confortável assistir filmes em casa, numa TV gigante de Led com 3D, e podendo obter na internet filmes recém lançados que muitas vezes demoram para chegar ao Brasil e outras vezes nem passam por aqui.

00

Minha ordem de preferência pelos filmes que concorrem ao Oscar de Melhor Filme em 2015, ficou assim:

1°) Sniper Americano

Autobiografia de Chris Kyle, atirador de elite da Marinha norte americana, que lutou no Iraque e teve em seu currículo cerca de 160 mortes. Chris Kyle foi considerado o mais letal atirador da história das forças armadas dos Estados Unidos.

Gostei muito desse filme, que conta uma história real e tem um final triste e surpreendente. O final é algo recente, que ocorreu em 2013. O filme foi baseado num livro com o mesmo nome. 

01

2°) Whiplash: Em busca da perfeição

Este filme conta a história de um baterista de jazz, que frequenta uma das melhores escolas de música do mundo. Apaixonado pelo instrumento e desejando ser “grande”, ele abraça na primeira oportunidade a chance de trabalhar ao lado do temido maestro Fletcher em sua famosa banda. O maestro, porém, tem métodos nada ortodoxos de ensino e não demora a humilhar o baterista novato.

Achei o filme muito bom! Ele mostra como empenho e força de vontade nos faz vencedores. E ao mesmo tempo também mostra que não devemos largar tudo, para conquistar um sonho…

02

 3°) A Teoria de Tudo

Baseado na biografia de Stephen Hawking, o filme mostra como o jovem astrofísico fez descobertas importantes sobre o tempo, além de retratar o seu romance com uma aluna de Cambridge e a descoberta de uma doença motora degenerativa quando tinha apenas vinte e um anos.

Filme gostoso de assistir e que mostra a história de um personagem importante de nosso tempo e fala sobre superação e amor.

04

4°) Selma

Drama histórico sobre a campanha por direitos civis dos negros nos Estados Unidos. O filme conta a campanha que tomou espaço na cidade de Selma, no Alabama, onde cidadãos negros tiveram seus direitos a voto negados sistematicamente. O caso chamou atenção e ganhou envolvimento de Martin Luther King.

Outro filme real e muito bom, que conta uma passagem importante na história norte-americana, que contou com a participação de Martin Luther King.

03

5°) O Jogo da Imitação

Cinebiografia do gênio matemático Alan Turing, que durante a Segunda Guerra Mundial, trabalhou com os Aliados na decodificação das máquinas Enigma, ajudando a quebrar códigos de mensagens secretas nazistas e auxiliando na vitória aliada. Turing foi um gênio matemático e nome fundamental às ciências da computação. Ele foi criminalmente processado por ser homossexual no início da década de 1950. Ele poderia escolher a castração química ou a prisão, e ficou com a primeira opção. Desmoralizado, cometeu suicídio comendo uma maçã contaminada com cianureto. Reza a lenda que a Apple (“maçã”) de Steve Jobs teria sido batizada em homenagem a Turing.

Outro filme que conta uma história real e tem uma ótima produção de época. Para ser sincero até que gostei do filme, mas na hora de decidir quais achava melhores, acabei optando por outros filmes por pouquíssima diferença.

06

6°) O Grande Hotel Budapeste

No período entre as duas guerras mundiais, o famoso gerente de um hotel europeu conhece um jovem empregado e os dois tornam-se melhores amigos. Entre as aventuras vividas pelos dois, constam o roubo de um famoso quadro do Renascimento, a batalha pela grande fortuna de uma família e as transformações históricas durante a primeira metade do século XX.

Filme agradável de assistir, com bons atores e um produção de época muito bem feita.

05

7°) Boyhood da Infância a Juventude

O filme foi gravado durante doze anos e mostra a vida do personagem Mason, dos cinco aos dezoito anos. Na verdade o filme é menos sobre a história de um menino, e mais sobre o passar do tempo, sobre coincidências, sobre como a vida de todos nós daria, sim, um filme.

O interessante no filme é a mudança que é possível notar nos atores, no transcorrer de doze anos de filmagens. O filme tem quase três horas de duração, mas confesso que não gostei. Me deu sono! E é visível a “embarangada” que a atriz principal teve nos doze anos que levaram para gravar o filme (gravavam uns dias a cada ano). 

07

8°) Birdman

Um ex-ator de cinema, famoso por interpretar um icônico super-herói, chamado Birdman, monta uma peça na Broadway para tentar reconquistar suas glórias passadas. A trama se passa no transcorrer de três dias, em que o ator lida com problemas com a família e a carreira.

Filme com muito dialogo e algumas “viagens”. Algumas pequenas partes bastante interessantes. Mas no geral não gostei do filme!

08

Oscar 2014

Mais uma vez cumpri o ritual de assistir todos os filmes indicados para melhor filme no Oscar. Esse ano são nove indicados e mais uma vez só consegui assistir à todos os filmes, graças a ajuda da internet. O problema é que tem filme estreando no Brasil uma semana antes da entrega do Oscar e para piorar a situação, vivo no interior, onde alguns filmes indicados nem vão passar no único cinema da cidade.

Esse ano tem muitos filmes bons e ficou um pouco difícil escolher o melhor, pelo qual vou torcer na noite do próximo dia 2 de março. Fiquei em dúvida entre três filmes, mas acabei optando por GRAVIDADE. O filme é bem feito, tem alguns efeitos especiais interessantes, principalmente se você assistir em 3D. Mas não foi isso que me fez preferir tal filme. Por trás de todos os efeitos especiais existe uma história bastante humana, onde uma pessoa está totalmente só na imensidão do espaço e mesmo com tantos problemas momentâneos e outros que ela traz de seu passado, ela não desiste de tentar sobreviver.

Minha ordem de preferência pelos filmes que concorrem ao Oscar de Melhor Filme em 2014, ficou assim:

1°) Gravidade

Filme que conta sobre uma astronauta perdida no espaço e que busca de todas as formas superar seus medos e retornar para casa. Assista em 3D, pois tem muitos efeitos especiais interessantes.1

2°) 12 Anos de Escravidão

Filme que conta uma história verídica, de um negro liberto que foi sequestrado e passou 12 anos como escravo, sofrendo muito. Esse filme mostra como o ser humano pode ser cruel.
2

3°) Clube de Compras Dallas

Outro filme baseado em uma história real e que também conta sobre alguém buscando sobreviver. O personagem principal luta para conseguir remédio para ele e outros doentes, no início da epidemia da Aids.

3

4°) Capitão Philips

Outra história real, que conta sobre um navio de carga que foi sequestrado e o esforço do Capitão do navio para salvar sua vida e a de sua tripulação. Tom Hanks está muito bem no papel do Capitão do navio. Um Tom Hanks bem envelhecido e maduro, bastante diferente daquele Tom Hanks de muitos filmes de humor e comédias românticas que assisti com ele no passado.4

5°) O Lobo de Wall Street

Mais uma história real, que conta sobre a vida de um corretor da bolsa de valores que criou uma empresa muito louca. Filme longo, com quase três horas de duração e com muitas cenas de drogas e sexo.

5

6°) Trapaça

Filme com ótimo elenco e bem caracterizado nos anos setenta. Mas achei o filme meio confuso e difícil de entender algumas passagens. Sensacional é a trilha sonora, que em certos momentos vale o ingresso.6

7°) Ela

História meio maluca, mas muito interessante. Joaquim Phoenix vive num mundo um pouco futurista e se apaixona pelo Sistema Operacional de seu computador, que tem voz de mulher, age e pensa como mulher. Em alguns momentos o filme fica interessante e nos faz pensar sobre sentimentos amorosos.7

8°) Nebraska

Um homem imagina ter ganho um grande prêmio em dinheiro e parte numa viagem para buscar tal prêmio. Mas por culpa de um acidente, acaba tendo que parar numa cidadezinha no meio do caminho. Após contar sobre a história do prêmio, acaba gerando cobiça entre familiares e moradores da cidadezinha.8

9°) Philomena

A história de uma mulher que doa seu filho na adolescência e anos depois saí em busca da criança. Considerada uma comédia dramática, alterna momentos interessantes com outros muito chatos.9

Oscar 2013

Em 2013 nove filmes concorrem ao Oscar de melhor filme. E consegui assistir a todos os nove concorrentes, antes da noite de entrega do Oscar. Já tinha feito isso duas vezes antes, mas no tempo em que apenas cinco filmes concorriam. Dessa vez não foi tarefa fácil ver todos os filmes, pois alguns chegaram ao Brasil recentemente. Mas hoje em dia existem outras maneiras de se ver um filme e é possível assistir a filmes antes mesmo deles serem lançados no Brasil.

Dos concorrentes ao Oscar de melhor filme, estava ansioso para assistir Lincoln. Gosto desse personagem histórico, já li alguns livros sobre ele, visitei lugares por onde ele passou, vi objetos originais que pertenceram a ele, conheci o teatro onde ele sofreu o atentado que o levou a morte e também a hospedaria onde ele morreu no dia seguinte ao atentado. Ele não foi levado a um hospital, mas sim medicado em uma hospedaria em frente ao Teatro Ford, local do atentado. A expectativa era tanta com relação ao filme, que no final fiquei frustrado. O filme é bom, mas é burocrático, algo para norte americano ver. O filme é cheio de citações históricas, que norte americano aprende na escola. Para o resto do mundo esse filme não é interessante. Acho que Lincoln ganha como melhor filme, pois norte americano é patriota, Lincoln é um dos maiores personagens da história dos Estados Unidos e o filme é bem feito, mesmo tendo pequenos erros históricos.

Dos demais filmes, alguns são excelentes. Gostei bastante de As Aventuras de Pi (que no original é A Vida de Pi), pois esse filme é uma bonita fabula. Também achei muito bom Argo, filme que conta sobre o sequestro na Embaixada Norte Americana no Irã, entre 1978 e 1979. O filme é muito bem feito e com caracterização de época muito boa.  Outro filme de que gostei foi A Hora Mais Escura, que mostra detalhadamente como foi á operação militar que encontrou e matou Bin Laden. E um filme com o qual me identifiquei muito foi O Lado Bom da Vida. Ele começa meio chato, mas fica interessante com o decorrer do tempo e tem sequencias muito boas, que te fazem pensar.

Os demais filmes achei todos meia boca. Amor e Indomável Sonhadora são até interessantes, mas não achei nada de especial nos mesmos. E Django Livre foi outro filme pelo qual criei uma boa expectativa, por ser um filme do Tarantino. Mas no final achei o filme fraco, me deu sono. E o maior termômetro para eu gostar ou não de um filme é o filme me dar sono. Já dormi muito no cinema ou em frente a TV, ao ver filmes ruins ou que não me despertaram interesse.

E dos nove concorrentes a melhor filme em 2013, o que menos gostei foi Os Miseráveis. O problema é que não sou fã de musicais e já vi a versão anterior de 1998, que não é musical e é muito bem feita.

Então vou torcer para As Aventuras de Pi, mesmo tendo quase certeza de que Licoln vence.

Abaixo a lista dos filmes que concorrem ao Oscar de melhor filme em 2013, na minha ordem de preferência:

1°)  As Aventuras de Pi
1°) As Aventuras de Pi

1°) O Lado Bom da Vida
1°) O Lado Bom da Vida

3°) Argo
3°) Argo

4°) A Hora Mais Escura
4°) A Hora Mais Escura

5°) Lincloln
5°) Lincloln

6°) Django Livre
6°) Django Livre

7°) Indomável Sonhadora
7°) Indomável Sonhadora

8°) Amor
8°) Amor

9°) Os Miseráveis
9°) Os Miseráveis

The Oscar Goes To

Ontem foi noite de entrega do Oscar. Assisti somente uma parte da premiação, pois estava cansado e precisava levantar cedo no dia seguinte. Ainda não assisti ao filme que levou a estatueta de melhor filme (O Artista), pretendo fazer isso em breve.

Abaixo segue a lista dos filmes que ganharam o Oscar de melhor filme, desde 1990. Dessa lista de filmes, além do filme vencedor desse ano, só não assisti ao filme vencedor de 2010 (Guerra ao Terror). Foi esquecimento meu, e pretendo assistir a esse filme o mais breve possível. E dos demais filmes, alguns marcaram momentos importantes de minha vida e se encontram na lista dos meus filmes favoritos (Forrest Gump, Dança com Lobos, Silêncio dos Inocentes). Dez deles eu assisti acompanhado, no cinema (boas lembranças!). Teve um dos filmes que assisti num cinema nos Estados Unidos (Chicago) e outro que assisti no avião, numa viagem ao Chile (Quem quer ser um milionário?).

Abaixo lista dos últimos filmes vencedores do Oscar:

2012 O Artista 
2011 O Discurso do Rei 
2010 Guerra ao terror 
2009 Quem quer ser um milionário? 
2008 Onde os fracos não tem vez 
2007 Os infiltrados 
2006 Crash – no limite 
2005 Menina de ouro 
2004 O Senhor dos Anéis: o retorno do rei 
2003 Chicago 
2002 Uma mente brilhante 
2001 Gladiador 
2000 Beleza americana 
1999 Shakespeare apaixonado 
1998 Titanic 
1997 O paciente inglês 
1996 Coração valente 
1995 Forrest Gump 
1994 A lista de Schindler 
1993 Os imperdoáveis 
1992 O silêncio do inocentes 
1991 Dança com lobos 
1990 Conduzindo Miss Daisy