Estação Julio Prestes

A estação original foi inaugurada em 10/07/1872, pela Estrada de Ferro Sorocabana e se chamava Estação São Paulo. Sua função era transportar para a capital paulista, sacos de café do interior paulista e paranaense. A antiga estação ficava ao lado da Estação da Luz, facilitando a transferência das sacas de café para os trens da São Paulo Railway, que na época era a única ferrovia que fazia o trajeto da capital paulista até o porto de Santos. A estação atual foi projetada por Cristiano Stockler das Neves, em 1925, no estilo francês Luís XVI. Foi concluída em 1938. A quebra da bolsa de Nova York em 1929 e o término da hegemonia da monocultura cafeeira, entre outros fatos, afetaram grandemente as ferrovias paulistas. Também a construção de auto-estradas e maior rapidez de locomoção via carros particulares e ônibus intermunicipais e interestaduais, fez com que o  público deixasse de tomar trens da FEPASA, novo nome da falida Estrada de Ferro Sorocabana. A partir disso a estaçao ficou decadente, sendo pouco utilizada. Em 1951 teve seu nome alterado em homenagem ao ex-presidente do Estado de São Paulo, Júlio Prestes.

A estação ficou abandonada por alguns anos e na década de 1990, o governador Mário Covas, atendendo a um pedido do regente da Orquestra Sinfonica de São Paulo, John Neschling, decidiu restaurar a estação de maneira que o local onde antigamente existiu um jardim, fosse convertido em uma sala de concertos, a Sala São Paulo. Atualmente serve aos trens da linha 8 da CPTM (Compnhia Paulista de Trens Metropolitanos).

Estação Julio Prestes. (06/08/2010)
Interior da Sala São Paulo. (06/08/2010)

2 opiniões sobre “Estação Julio Prestes

  • 13 de agosto de 2010 em 21:36
    Permalink

    Outro lugar bem interessante e bonito, pena que não pudemos visitar a Sala São Paulo, mas valeu a tentativa :)!

    Resposta
    • 14 de agosto de 2010 em 16:50
      Permalink

      Sim, o lugar é bem interessante. Na próxima faremos uma visita a Sala São Paulo.

      Beijo,

      Vander

      Resposta

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.