Acupuntura

Hoje fiz a 40ª sessão de acupuntura para minha hérnia de disco. Agora faltam somente mais duas sessões e estou liberado para fazer reforço muscular, e daqui um mês posso voltar a correr e pedalar de forma lenta e gradativa. Sei que foram quatro meses de doloridas sessões de acupuntura, que além das trinta agulhas, também tinham estímulos elétricos, a tal eletroestimulação. Na verdade são choques elétricos e conforme a intensidade do estimulo é bastante dolorido. Sei que sofri muito nesses quatro meses de tratamento. No inicio achei que não passaria das primeiras cinco sessões, pois tenho fobia de agulhas. Mas fui vencendo o medo e agüentei firme. Tinha sessões em que saiam lagrimas dos olhos, tamanha era a dor que eu sentia. E foram várias vezes que gritei de dor, sem vergonha da médica ou dos demais pacientes que ouviam meus gritos. Quando iniciei o tratamento meu nervo ciático esquerdo estava muito inflamado, então as dores eram terríveis. Os medicamentos não faziam efeito, eu mal conseguia caminhar.

Além de dolorido o tratamento também foi caro, pois a clinica onde fui me tratar não aceita convênios. Pagamento somente cash. Mas valeu a pena, e na primeira vez que estive na clinica e vi as fotos nas paredes, tive certeza que estava em boas mãos. Nas fotos apareciam alguns dos pacientes que foram atendidos pela Drª Silvana e seu pai. Apareciam levando agulhadas e choques, desde Ronaldinho Gaúcho, a Deco, Adriano “Imperador” e muitos outros jogadores de seleção.

Minhas dores nas costas estavam incomodando fazia muito tempo, e no inicio de fevereiro descobri que o motivo das dores era uma hérnia de disco. Estava com dois discos comprometidos e o nervo ciático todo inflamado. O médico que me atendeu, primeiro recomendou fisioterapia. Após 45 dias de chatas sessões de fisioterapia, o resultado foi zero. Então fui consultar um especialista em coluna, achando que a solução seria passar por cirurgia. Eu estava com um mau pressentimento com relação á cirurgia, algo me dizia para não fazer. O especialista recomendou que eu não fizesse a cirurgia, que ficasse o maximo de tempo em repouso e que tentasse suportar as dores. Que medicamentos iam aliviar as dores, mas não fariam que desaparecessem. Acabei fazendo essa opção e na mesma semana, conversando com um tio que fez acupuntura para o joelho e se livrou de uma cirurgia, acabei indo parar na clinica de acupuntura. E diferente da cirurgia, onde não tinha garantia de que as dores nos dois discos lesionados não voltariam, a acupunturista deu garantia de que nestes dois discos não terei mais problemas. Então valeu a pena todos estes meses de sofrimento, dores, cuidados, repouso e investimento financeiro.

Mesmo após tantas sessões, tantas agulhadas, não perdi a fobia por agulhas. Sinceramente não sei como consegui suportar tudo isso. Talvez por não ver as agulhas espetadas em mim (algumas entravam 5 cm), pois eram todas nas costas, nádegas e pernas. Sei que estou feliz por ter vencido mais essa batalha e ter tido forças pra suportar tanta dor. Nunca em minha vida tinha passado por um período tão longo de dores intensas. O lado bom disso tudo foi que em cada sessão, eu tentava transformar a dor que estava sentindo, em força interior, em força de vontade para vencer o problema e seguir em frente. Essa postura me ajudou muito e hoje me sinto mais forte em todos os sentidos. E nesse período não foi somente a hérnia de disco que me incomodou. Também tive depressão e os dois problemas juntos foram complicados de administrar e superar. Mas se por um lado a hérnia me fazia ficar de cama, sentindo dores, eu conseguia transformar essas dores em força de vontade para superar a depressão. Consegui usar um problema de saúde para superar o outro. Mas lhes garanto que não foi nada fácil, nada mesmo. Somente por Deus, com sua ajuda, foi que consegui me recuperar disso tudo e dar a volta por cima. Ainda não estou cem por cento recuperado de ambos os problemas, mas estou quase lá. Quero esquecer o primeiro semestre de 2010, que por várias razões foi o pior de minha vida.

Eletroestimulação

2 opiniões sobre “Acupuntura

  • 26 de julho de 2010 em 21:19
    Permalink

    Uma etapa “quase finalizada”, e no final dela você está vendo que o esforço, a persistência e a esperança valeram a pena. Acompanhei uma parte desse processo e fico muito contente por ver que a cada dia você está cada vez melhor!! Tenho certeza que de todo esse “processo”, você teve aprendizados bem valiosos!
    Beijos

    Resposta
  • 26 de julho de 2010 em 21:45
    Permalink

    Oi,

    Foi mesmo! Tudo foi um grande e dolorido aprendizado. Na vida devemos procurar aprender algo, alguma lição em todas as situações, sejam elas boas ou ruins.

    Beijo,

    Vander

    Resposta

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.